quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Doutores da alegria, um remédio para a vida toda.


Existem pessoas que fazem da vida uma constante alegria e deixam transbordar esta felicidade de viver, transformando o ambiente hospitalar, local insalubre, estressante, e cheio de dores e angústias em um palco para encher de sorrisos um público que muitas vezes não tem nenhum motivo para qualquer felicidade, essas almas revestidas de carisma e dedicação respondem pelo nome profissional de doutores da alegria.

As Leis...

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (BRASIL, 1996) garante o apoio pedagógico por meio de classes hospitalares instaladas dentro dos hospitais onde é realizado o tratamento. Dessa forma, o pedagogo é o profissional habilitado para realizar o acompanhamento pedagógico-educacional durante o período de internação e tratamento ambulatorial. O foco desse acompanhamento é manter o vínculo da criança com sua realidade fora do hospital, assegurar o atendimento às necessidades intelectuais e do desenvolvimento infantil, oferecer atividades de forma mais sistemática as crianças e jovens hospitalizados

O mágico mundo da Classe Hospitalar..

ESPECIALMENTE EM INSTITUIÇÕES DE ONCOLOGIA

O tratamento prolongado e as complicações decorrentes desse podem fazer com que os pacientes percam o ano letivo e apresentem dificuldades em retornar ao ambiente escolar após a remissão da doença. Estima-se que 49% das crianças internadas em uma instituição de oncologia infantil desistam do ano escolar.